Padre comete violência sexual com adolescentes em ‘ação purificadora’

By 11/12/2017Colunistas

Segundo informações, as vítima eram ameaçadas por criminosos para não denunciar.

Um homem foi preso por violência sexual de vários menores de idade. O abusador era bem conhecido na localidade, ele era o Padre da região. O crime aconteceu na cidade de Catânia, no sul da Italia.

Relatos policiais informaram que os crimes de abusos sexuais aconteceram no ano de 2014. O suspeito já tinha sua forma de ataque, ele usava seu cargo como padre e das condições difíceis que a vitimas menores de 14 anos para cometer os atos.

Segundo a polícia, durante os abusos, o padre usava um tipo de óleo para passar no corpo das vítimas que, segundo ele, era para purificar suas almas e “aliviar seus sofrimentos interiores”.

As vitimas eram ameaçadas caso se recusasse a participar das ações do padre, ele dizia que elas seriam expulsa da entidade religiosa e acusada de calunia.

A policia foi surpreendida pelo um pai de uma das vitimas. O pai foi informado pelo seu filho que estava sendo abusado pelo padre. Então o pai procurou o acusador e o alertou que a policia estava investigando os casos de agressões sexuais.

Os históricos de abuso com os jovens da igreja causaram uma grande revolta região, o padre foi preso e foi removido da paróquia e a Igreja Católica iniciou um processo contra ele.

Outro caso muito parecido, um pastor foi preso acusado de estuprar e engravidar uma adolescente de apenas 14 anos. O crime aconteceu na cidade de Colorado Springs, nos Estados Unidos. O pastor foi identificado como Romello Leach, de 22 anos.