Morreram em acidente de carro as duas filhas de de 5 e 10 anos do técnico do Fluminiense, Léo Percovich

 

Leo Percovich, que é treinador do time de futebol sub-20 do Fluminense, se envolveu em um acidente há nove dias na rodovia que liga BH ao Rio de Janeiro.

O carro em que ele estava com a família despencou de uma altura de 20 metros
Morreu às 17h30 deste domingo, na Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, na Zona da Mata, a filha mais velha do ex-goleiro do Atlético e atual treinador do time de futebol sub-20 do Fluminense, Leo Percovich.

Leo, de 49 anos, a mulher e três filhos sofreram um acidente na tarde do dia 16 de dezembro quando a família viajava na BR-040, em Santos Dumont, também na Zona da Mata. A filha caçula do casal faleceu no dia do acidente e o terceiro filho, um menino, foi transferido da Santa Casa para o Hospital Albert Sabin, onde também estão internados os pais.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o treinador e a família estavam em um carro no sentido Belo Horizonte da BR-040 quando o veículo acertou o meio-fio de uma mureta de proteção de um dos viadutos da região de Santos Dumont e ficou descontrolado. O resultado foi uma queda de aproximadamente 20 metros.

Conforme a Santa Casa de Juiz de Fora, a filha mais velha de Leo, de 10 anos, faleceu na unidade de saúde ontem e o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Juiz de Fora. A reportagem entrou em contato com o Hospital Albert Sabin, mas não foram disponibilizadas informações sobre o estado de saúde de Leo, da mulher e do filho que foi transferido da Santa Casa.