Mãe se NEGA a induzir o parto e perde o bebê na 45ª semana de gestação

Publicidade

 

Uma de mãe não ouviu as recomendações de sua parteira, para seguir conselhos de um grupo no facebook e acabou perdendo seu bebê na 45ª semana de gestação.

Stephaine, de 30 anos, mora no Havaí, nos Estados Unidos, decidiu, que iria esperar o parto do seu quinto filho, sem nenhuma interferência, mas quando ela chegou na 41ª semana de gestação, sua parteira lhe recomendou a indução so parto. Porém ela se recusou, e preferiu seguir conselho de outras mães em um grupo do facebook Tem Month Mamas ( a página não está disponível no momento), que deram à luz depois das 40 semanas de gestação.

Stephanie, seguindo so conselhos, arrastou sua gestação, mas quando ela entrou na 43ª semana, sua parteira se mostrou muito preocupada, porque a placenta poderia perder a eficiência. Mesmo assim, Stephanie continuou esperando entrar em trabalho de parto.

Ela, já é mãe de quatro filhos, e tem histórico de parto tardio, por isso não se preocupou.

“Eu li muito sobre isso. Pesquisei mulheres que tinham passado de 42 semanas. Eu pesquisei também sobre a redução de líquido. Mas em todo momento tive a sensação de que tudo estava bem.”disse Stephanie ao portal Kidspot. Dois de seus filhos haviam nascido com mais de 41 semana, e os dois últimos com 42 semana em casa, com a ajuda da sua parteira.

Publicidade

Quando completou 45 semanas, estava decidida a buscar um hospital,foi quando sua bolsa rompeu. Depois de dez horas, as contrações se tornaram insuportáveis, ao ponto dela pensar que ela e seu bebê morreriam. Logo depois ela sentiu uma “explosão de mecônio marrom escuro e líquido viscoso”, neste momento ela e o marido correram para o hospital, mas infelizmente o bebê não tinhas mais batimentos cardíacos.

Stephanie, contou que só esperou porque as amigas do grupo diziam ter passado por experiências traumáticas de parto e cesarianas. Após a perder o bebê, Stephanie, voltou ao grupo para contar tudo o que havia passado e o quanto se sentia culpada pela vida de seu bebê. Ela questionou se o fim da história não teria sido diferente se tivesse ouvido sua parteira.

Publicidade
Foto: Reprodução/Facebook
Publicidade

A hora certa do bebê nascer:
Segundo a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), o nascimento seguro e saudável é entre as 37 e 42 semanas de gestação, mas de preferência entre a 39 e 40 semanas e seis dias. Dar à luz precocemente é prejudicial ao bebê, assim como esperar demais um parto espontâneo.