Mãe e bebê com doença RARA são expulsos de avião

By 10/03/2019Diversos, Mãe, Saúde
Publicidade

 

Aconteceu na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, que a mãe e o bebê foram convidados a sair do voo da American Airlines por causa de uma doença genética rara, porém não contagiosa.

A mãe Jordan Flake e o seu bebê, Jackson, eles tem uma doença rara ictiose, uma doença rara que deixa a pele extremamente seca e escamosa. Segundo informações da Academia Americana de Dermatologia, a doença não é contagiante. Mesmo assim, mãe e filho foram convidados a se retiraram do avião da American Airlines na última semana por causa das “erupções” na pele.

A própria mãe que relatou a situação em suas redes sociais.

“Enquanto eu gostaria de compartilhar algo positivo, Jackson e eu fomos apenas discriminados”, disse a mãe.
Confira a seguir o texto na integra a seguir:

Publicidade

“Embarcamos no nosso voo da American Airlines onde as pessoas sorriam e falavam com o Jackson. Um tripulante calmamente perguntou sobre minha ‘erupção cutânea’ e se eu tinha um atestado médico afirmando que estava tudo bem para eu voar. Expliquei-lhe que se chamava ictiose e era uma condição de pele genética. Ele se dirigiu até a frente para falar com a tripulação. Aparentemente também pesquisou no Google durante esse tempo. Quando voltou, ele pediu desculpas, mas disse que nós não poderíamos voar e tivemos que sair do avião. Ele me ajudou a pegar minhas malas e Jackson e falou com o piloto enquanto estávamos a sair. O piloto parecia concordar com isso, mas a atendente de voo disse rudemente: “Bem, ela não tem uma carta de um médico, então…”. Eles também não foram capazes de recuperar minha bagagem verificada. O homem ajudou-me a sair do avião, reservou um hotel e um novo voo com uma companhia aérea diferente. Eu nunca fui tão humilhada na minha vida! Eu enviei um e.mail para eles e estou esperando por uma resposta. Feliz dia da doença rara! Desista de ser ignorante e tire o tempo para ouvir as pessoas! Eu não deveria ter que me explicar”, contou ela.

O post viralizou nas redes sociais, e foi compartilhado mais de 4 mil vezes, a companhia American Airlines pediu desculpas pelo ocorrido e que estão investigando. Eles também reembolsaram a passagem para a mãe.

Today is #rarediseaseday ! While I’d like to share something positive, Jackson and I were just discriminated…

Posted by Jordan Flake on Thursday, February 28, 2019

Publicidade