Grávida no 5º mês de gestação de quadrigêmeos ficará internada até dar à luz

By 24/01/2018Diversos, Gravidez

 

A funcionária pública Laura Cristini Ramos Dias, Grávida no 5º mês de gestação de quadrigêmeos, ficará internada até o final da gestação em Sinop, a 503 Km de Cuiabá.

Laura é casada com o supevisor de vendas Fabiano Espíndola, o casal já tem 3 filhos, e ficaram muito surpresos com a gravidez, já que tentavam o quarto filho e Laura gerou os 4 bebês de forma natural.

A previsão era que Laura fosse internada a partir do sétimo mês e saísse depois de ter dado à luz aos quatro bebês. No entanto, ela foi internada antes do previsto, com cinco meses de gestação. Ela ficará em repouso absoluto na unidade hospitalar.
“Eu não esperava que isso fosse acontecer nesse momento. Imaginei que eu ia ser internada em meados de fevereiro”, disse. Assim que foi internada fez uma cirurgia no útero.

“As crianças ainda não estão prontas para nascer. Em função disso a gente teve que fazer uma cerclagem, que são os pontos que se dá no colo do útero, para fechar o colo de útero. [Também] usando medicações para que essa gestação prolongue por mais tempo até que essas crianças estejam viáveis e com o peso adequado para nascer”, disse o médico Walther Esteves Lima.

O marido e a mãe dela se revezam para cuidar dela. “O hospital e todo mundo aqui é cuidadoso e prestativo. A gente faz a parte do afeto mesmo, né. As necessidades que têm”, declarou a mãe de Laura, Ramona Trindade.
O celular ajuda a matar a saudade dos três filhos que estão em casa. Laura já escolheu o nome dos filhos: Arthur, Matheus, Miguel e Pedro. Dois bebês são univitelinos e estão sendo gerados em uma mesma bolsa amniótica.

De acordo com uma das teorias mais tradicionais para se calcular a probabilidade de nascimentos múltiplos, conhecida como “Lei de Hellin”, a chance de nascerem quádruplos a partir de gestações naturais é de 1 a cada 65.610.000 de nascimentos.