Enteda a cabeça chata em Bebês

By 11/12/2017Colunistas

Esclareça suas dúvidas sobre a plagiocefalia e braquicefalia, condições em que há deformação na cabeça do bebê

O recém-nascido pode ficar com a cabeça chata em seus primeiros meses de vida, isso pode acontecer porque o crânio ainda não esta totalmente fechado e possui alguns espaços sem ossos, que é conhecido como moleira, uma parte bem sensível da cabeça do bebê. Esses espaços são importantes existir por dois motivos: para que o bebê possa nascer por meio do parto normal e também para que o cérebro tenha espaço suficiente para crescer no primeiro ano de vida, essa fase é que seu tamanho aumenta mais.

Como os bebês ficam muito tempo deitado, algo muito fácil de ocorrer nos primeiros meses, o risco de ficar com a cabecinha chata. Um em casa cinco bebês ficam com a cabeça assim. A cabeça chata pode ocorrer em dois tipos.

Braquiocefalia: neste caso a região de trás da cabeça fica totalmente chata. Fazendo com que a cabeça fique mais pontuda no topo em cima.

Plagiocefalia: A parte de trás da cabeça fica chata apenas de um lado, causando uma assimetria. As orelhas podem ficar desalinhadas e a cabeça parece um paralelogramo quando vista de cima, e às vezes a testa e rosto podem inchar um pouco sobre o lado plano

Plagiocefalia e braqiocefalia pode ser graves?

Na maioria dos casos, plagiocefalia e braqiocefalia não há muitos  motivo para preocupação. Eles não causam nenhum desconforto nos bebês e o cérebro não é afetado. Além disso, plagiocefalia e braqiocefalia não causam e nem atrapalha nenhum outro problema grave no desenvolvimento dos bebês.