Deve-se baixar a pele do pênis do bebê?

By 28/02/2018Diversos, Filhos, Saúde

Muitos pediatras recomendam que os pais baixem a pele do pênis do bebê,  para poder limpar corretamente

Porém, alguns pediatras, mas conservadores, preferem forçar durante as consultas médicas, o que pode até machucar o bebê, ocasionando feridas e sangramento, e pode até ter efeito contrário ao desejado. Eu como mãe de menino, fiquei horrorizada, quando vi o pediatra puxando várias vezes o prepúcio do bebê, causando um grande desconforto ao bebê.

Mas consultando outros pediatras me explicaram que este procedimento nos dias de hoje está em desuso.

Os bebês tem aderências balano-prepuciais, ou seja, a glande do pênis está protegida pela pele do prepúcio, e está aderia ao pênis e não é possível baixá-la.Mas isto não significa que o bebê tenha fimose. Isto é normal e a medida que o bebê cresce  a pele vai se separando e deixa a glande livre e retrátil.

Mas ainda hoje existem os pediatras que aderem a forçar o prepúcio para baixá-lo, produzindo muitas vezes feridas no bebê.

Mas já foi comprovado que esta manbra é desnecessária e muitas vezes devido ao ferimento, acaba criando mais resistencia após a cicatrização. Sendo que este procedimento não é aconselhavel, além de ser doloroso ao bebê.

É normal até os 3 anos de idade não baixe a pele do prepúcio, o que se precisa é ter uma boa higienização na hora do banho, e realizar suaves movimento para que possa entrar um pouco de aguá na região, mas sem forçar, que não chegue no ponto do bebê sentir dor.

Passado 3 anos de idade, recomenda-se usar uma pomada com corticoides, com manobras muito leves para baixar a pele, nada de manobras bruscas. Passado este tempo, a criança apresentar fimose, será necessário realizar o operação de circuncisão.