Criança fica azul, e quase perde a VIDA “por algo que todos têm em casa”

By 15/05/2018Diversos
Publicidade

 

Os pais de Cameron Soto levaram um grande susto em dezembro de 2017, agora eles alertam a outros pais dos perigos que se tem dentro de casa e que muitas vezes nem se dão conta.

Com criança pequena todo o cuidado é pouco, pois elas estão no momento das descobertas, e querem explorar tudo, e muitas são curiosas e tudo o que o que ao seu alcance levam à boca. Foi exatamente isso que aconteceu com a pequena Cameron, ela estava com seus brinquedos, quando a mãe percebeu que algo parecia estranho.Mas sem saber o que era, pensou que poderia ser apenas uma dor de gargante ou um resfriado, que o tinha deixado mais quieto que o normal.

Passada algum tempo a mãe ficou desesperada, e correu para o pronto socorro e o médico decidiu fazer um raio-x. Então os médicos descobriram uma bateria de lítio em seu esôfago. Imediatamente foi levado ao centro Centro Médico Infantil de Connecticut, onde removeram a bateria , as as coisas ainda não estavam nada bem.

As bateria de lítio são perigosas, porque são pequenas e fácil de engolir, e grandes o suficiente para ficarem presas. E a reação com a saliva no sistema digestivo é terrível.Cria uma lesão cáustica no tecido do esôfago.

Publicidade

No caso do pequeno Cameron, o tempo que a bateria ficou dentro do corpo fez um estrago irreversível. O objeto acabou queimando o esôfago, e causou um grande inchaço e danos em outros órgãos. Muito debilitado, Cameron acabou tendo que ser entubado e lutou por sua vida nos meses que se seguiram.A criança perdeu a capacidade de comer, conversar, engatinhar e andar.

Publicidade

A mãe Marisa conta que todos dias, manhã e noite, orava pela vida dele, sempre que recebíamos más ou boas notícias, era apenas para manter a fé e não desistir. A mãe conta que colocaram nas mãos de Deus.

Publicidade

Aos poucos Cameron conseguiu resistir. Com tempo aprendeu a andar, comer, mas ainda usa uma trach para a respiração e os médicos disseram que só o tempo dirá se isso será permanente.

“É muito difícil continuar revivendo o mesmo momento, mas é super perigoso. Se soubéssemos, nunca teríamos tido brinquedos com essas baterias em nossa casa”, disse a mãe.

O cuidado é muito importante, muitas dessas baterias são enconttadas dentro de casa nos brinquedos das crianças, aumentando o risco de acidentes domesticos.
“Os danos para o esôfago podem ser tão devastadores que pode ser uma ameaça imediata à vida [da criança]porque se o esôfago se romper e a bateria acidentalmente cair em algum dos principais vasos sanguíneos do peito, haverá risco de hemorragia imediata e morte. Já se ela corrói a parte de fora do esôfago e vai para as vias respiratórias, é criada uma abertura entre o esôfago e as vias aéreas de modo que cada vez que a criança come ou bebe, fluidos e alimentos inundam os pulmões, danificando-os e produzindo infecções com risco de vida.” explicou o cirurgião pediatrico no Great Ormond Street, Joe Curry

Veja a seguir os efeitos das baterias no corpo humano: