Bebê teve transferência negada pelo Hospital por 15 vezes

By 05/04/2018Filhos, Saúde

 

O bebê está internado no hospital desde o dia que nasceu.

A família do bebê mora em Sorocaba, e precisou acionar a Justiça para conseguir a cirurgia. O bebê de um mês de vida sofre de diversos problemas no coração, e pelo menos 15 vezes negado o pedido de transferência pelo hospital, conforme documento obtido pela TV TEM nesta quarta-feira.

O pequeno Miguel Henrique Souza, está entubado na Santa Casa desde o dia que nasceu. No documentos tem diversas repostas negativas de responsáveis por administrar hospitais da Capital e do interior de São Paulo.

Na maioria das vezes foi negado por falta de vagas, mas também por a unidade não
o tratamento adequado.
“Estamos em absoluta falta de vaga na UTI neonatal cardiopata e UTI pediátrica. Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS) está completamente lotado, totalmente sem vagas. Estamos com a capacidade operacional saturada. Não somos referência para neonatos e gestantes. Caso negado.”

Em nota, a Central de Regulação de Vagas e Ofertas de Serviços de Saúde (Cross) afirma que a ação judicial referente ao caso do paciente foi movida contra a Prefeitura de Sorocaba, a quem cabe adotar as procidências necessárias para atender a decisão.

O médicos estão monitorando constantemente a evolução do quadro de saúde do bebê, pois ele apresenta quadro clinico de infecção, o que inviabiliza a transferência.

O procedimento cardíaco pediátrico é apenas um dos que o paciente com deficiência em vários membros do corpo precisa. De acordo a mãe do bebê, Gedália Jovino, de 31 anos, os exames realizados durante a gestação não detectaram qualquer anormalidade no feto ou algo errado

O pequeno Miguel nasceu com furos no coração, parte de um braço e pernas de diferentes tamanhos.

“O que mais me assustou foi que ninguém viu nada disso, muitas coisas poderiam ser feitas se tivesse visto ainda do parto”, desabafa a mãe.

 

Fonte : G1