Bebê tem veia estourada em Hospital de DF para tratar de uma gripe

By 16/12/2017Diversos, Filhos, Saúde

O caso aconteceu em setembro de 2016, porém somente agora a mãe do pequeno Luan venceu ação na justiça contra o hospital.

O bebê tinha penas 8 meses quando teve a veia estourada no hospital Regional de Taguatinga (HRT) no Distrito Federal. O caso ocorreu quando a mãe Alexandra Teixeira Luiz levou seu filho Luan no hospital para tratar de uma gripe.

Quando a técnica de laboratório foi tentar tirar o sangue do bebê, a veia estourou do braço dele, causando problemas mais graves que a gripe inicial

A mãe antes avisou a técnica que não havia veia no local onde ela queria tirar o sangue, mas ela insistiu no procedimento. O braço do bebê, estourou bolhas, inchaço e uma cor arroxeada.

Agora, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) condenou o governo local a indenizar a mãe do pequeno Luan. Alexandra venceu a ação e terá direito a receber R$ 56.220,00.