Bebê é levado ao Hospital e médicos encontram 14 agulhas em seu corpo

By 05/12/2017Diversos, Mãe, Pai, Saúde

Uma bebê, de apenas 10 meses, foi levada pelos pais para ser atendida após eles notarem que algo estava errado com a criança.

Ao ser examinada, pelos médicos do Thika Level 5 Hospital, no Quênia, os profissionais encontraram 14 agulhas de costura em seu corpo.

Os médicos conseguiram remover imediatamente 13 agulhas, porem uma delas teve que permanecer na criança, por estar em um local delicado.

Que Aconteceu com a Mãe?

A mãe da bebê, Jacinta Ndunge, de 30 anos, e seu marido permanecem presos e prestam depoimento enquanto corre a investigação do caso.

Que aconteceu com a Bebê?

A criança, ao receber alta do hospital, foi resgatada por oficiais do departamento de crianças do Sub-condado de Thika e levada para um lar de adoção,  Macheo Children’s Home.

Que dizem as autoridades?

De acordo com Rebecca Kariuki, diretora do departamento do condado, as suspeitas de abuso e maus tratos infantis são grandes, quem declarou:

“A mãe é a única que pode nos dar informações se é abuso infantil e, como ela não está pronta para conversar, estamos levando a criança. Também vamos resgatar os outros dois filhos que também são menores”

Jacinta dá seu lado da história:

A versão da mãe da menina é de que ela não faz ideia de como as agulhas foram parar em seu corpo. Segundo Jacinta, somente ao passar uma pomada no bumbum da criança e sentir algo espetando é que resolveu investigar melhor do que se tratava:

“Eu nem sei o que aconteceu. Mesmo que você me prenda, agora não há nada que eu saiba. Eu percebi as agulhas quando eu estava aplicando uma pomada na minha bebê. O pai está em casa e ele também está surpreso”, disse. Já as autoridades não acreditam muito na versão e pensam que eles podem ter sim informações sobre como as agulhas foram parar na bebê. Eles planejam continuar investigando, enquanto a mãe está presa!

Fonte: Citizen News